Início / Projetos / CAMPUS UNIVERSITÁRIO LOYOLA
Edifício principal do novo campus de Loyola

CAMPUS UNIVERSITÁRIO LOYOLA

Sevilla

CAMPUS UNIVERSITÁRIO LOYOLA

Trabalho:

FASE I do Campus de Loyola. Dos Hermanas (Sevilha)

Localização:

Sevilla

Superficie:

7503,17 m² paneles // 1145,46 m² velas

Ano:

2019

Arquiteto:

Luis Vidal + Arquitectos

Medidas:

1,95x4,6m painéis tipo // 2,5x3,5m velas tipo

Cliente:

Universidad Loyola Andalucía

Material

PES/PVC

Sistema

Fachadas têxteis

Uso

Infra-estrutura e equipamentos

Descrição CAMPUS UNIVERSITÁRIO LOYOLA

Este projeto consiste na FASE I do novo Campus Universitário de Loyola em Dos Hermanas (Sevilha). Nesta fase, são integrados um edifício principal para 2500 alunos, uma biblioteca, um edifício desportivo e uma capela, envoltos por zonas urbanizadas. Os elementos têxteis estão situados no edifício principal, onde se encontram a biblioteca e o recinto desportivo, com uma parede dupla de 5m de largura, constante em todo o perímetro e a todos os níveis.

A envolvente têxtil é formada por painéis i-tensing e velas tensionadas, cobrindo uma superfície de 7500 m² e 1145 m², respetivamente. Com o objetivo de proporcionar proteção solar às salas, as velas tensionadas são orientadas de forma diferente segundo cada fachada. Em contrapartida, com os painéis i-tensing situados no teto falso, procura-se um acabamento estético de linhas retas que cubra as ferragens das velas, bem como as do painel.

LEED

O novo campus da Universidade de Loyola aspira à obtenção da certificação ambiental LEED GOLD. Para tal, são consideradas as características dos materiais com mais peso no projeto e protocolos de ação na obra, como o seguimento dos resíduos e o uso de meios auxiliares menos contaminantes.

Base de dados técnicos

Os painéis têxteis situados no teto falso, sistema I-TENSING de IASO, com a particularidade de aplicação na posição semi-horizontal, estão formados por um bastidor de alumínio sobre o qual é tensionada a membrana. É utilizada a membrana Flexlight Perform 502 S2, em branco translúcido de um único padrão, evitando soldaduras vistas em todo o projeto. O bastidor é fixado através de ganchos de ancoragem na parte posterior, deixando visível apenas a membrana. Para a sua fixação, é concedido um espaço de apenas 5cm entre painéis, no qual são intercalados os ganchos dos painéis contíguos. Estes ganchos são fixados a um carril tipo Halfen que faz parte da subestrutura de ancoragem. Quanto à geometria, são estabelecidos eixos de fixação perpendiculares à fachada a cada 2m, deixando uma largura de painel de 1,95m. O comprimento do painel, em posição inclinada, cobre toda a parede dupla, sendo de 4,6m, deixando os extremos para remates de chapa posteriores.

As velas tensionadas são compostas por uma única peça, sendo formadas por cabos de aço que tensionam a membrana têxtil Frontside View 381 cor ardósia. Os cabos de aço estão situados numa bolsa perimetral, ancorados às placas de ancoragem embutidas no betão através de placas de vértice.

Cada membrana é composta por 4 cabos de rebordos independentes, em aço inox, embainhados numa bolsa realizada com a mesma membrana. Estes são fixados nos seus extremos a placas de vértice; cada vela conta com 4 placas de aço inox de acabamento brilhante, através de terminais roscados. Estes permitem manter as velas perfeitamente tensionadas. Cada uma destas placas conta com um aro à medida e uma braçadeira de inox, através da qual são apertadas aos ilhós.

As placas de ancoragem superiores sobressaem entre as juntas de painéis, definindo eixos de fixação também a cada 2m. Neste caso, as velas são orientadas de acordo com a fachada, sendo inclinadas em Este e Oeste, e perpendiculares à fachada na face Norte. Não há velas na face Sul.

Fale com
nossos especialistas

Projetos relacionados

Mais projetos

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a experiência de navegação e oferecer conteúdos de interesse. Aceitar