Início / Projetos / TORRE VASCO DA GAMA
Almofadas de ETFE e lonas de PVC na Torre Vasco da Gama.

TORRE VASCO DA GAMA

Lisboa, Portugal.

TORRE VASCO DA GAMA

Trabalho:

Fabrico e montagem de dois sistemas de cobertura na cúpula do terraço panorâmico da Torre Vasco da Gama.

Localização:

Lisboa, Portugal.

Superficie:

365.18 m²

Ano:

2020

Arquiteto:

STABÖRD Nuno Rodrigues

Medidas:

Diâmetro 21m x altura 5m (toda a cobertura).

Cliente:

TRIGO IN SITU, SA

Material

Lâmina ETFE

Sistema

Coberturas e fachadas almofadadas

Uso

Hotelaria

Descrição TORRE VASCO DA GAMA

Este projeto tem por objetivo a cobertura da cúpula semiesférica de nova criação, construída no terraço superior da Torre Vasco da Gama, de 132m de altura, em Lisboa (Portugal).

A estrutura da cúpula está apoiada em 38 pilares perimetrais, formando um círculo com 21m de diâmetro. Na parte superior, a 5m da base, a estrutura está ancorada no núcleo circular da torre. Caracteriza-se por ser constituída por barras de 80x80mm que formam 152 hexágonos, como uma colmeia de abelhas.

O pedido recebido pela IASO é o de instalar uma almofada de ETFE dentro de cada hexágono, assegurando a vedação de toda a superfície. A IASO também se encarrega pela instalação de uma lona de PVC tensionada que rodeia o núcleo central da torre, e cumpre a missão de evacuar a água que cai entre a última fila de almofadas e a parede.

Base de dados técnicos

Na obra, existem 152 almofadas de ETFE organizadas em 4 filas com 38 unidades em cada uma. As almofadas são formadas por 2 camadas de 200 mícron cada, sendo a camada exterior serigrafada com pontos brancos de 6mm de diâmetro. Em cada uma das almofadas existem 3 linhas de soldadura verticais para obter a forma desejada. As linhas de soldadura de todas as almofadas são alinhadas verticalmente para proporcionar continuidade visual em toda a cúpula.

A alimentação de aire é realizada através de um sistema radial. A máquina de ar é impulsionada contra um anel de distribuição fechado. A este anel interior encontram-se ligadas 38 derivações, que por sua vez se ligam às 38 almofadas da fila superior da cúpula. A partir daqui são alimentadas as restantes 3 filas de almofadas com um sistema de bypass. O tubo de ligação entre almofadas é uma mangueira flexível transparente de 41mm de diâmetro.

A lona de PVC tensionada recebe o nome de leque devido à sua geometria. Uma matriz polar de cabos INOX radiais é instalada para ligar a cúpula ao núcleo central da torre. Os cabos estão ancorados alternadamente em pontos altos e baixos. Por fim, a lona abraça os cabos por cima e por baixo, assumindo a forma de um leque.

A membrana utilizada para executar o leque é uma Lona de PVC 502V2 da marca Serge Ferrari, na cor branco mate.

Fale com
nossos especialistas

Projetos relacionados

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a experiência de navegação e oferecer conteúdos de interesse. Aceitar